18 de set de 2010

ESQUECIMENTO GLOBAL


Milhares de campanhas já foram feitas para conscientizar as pessoas de que a natureza tem recursos esgotáveis e que, se não cuidarmos dela com respeito, logo vão se acabar. E parece que depois de tanto esforço finalmente os resultados estão começando a aparecer. Muitas pessoas estão trocando alguns de seus hábitos para contribuir com a preservação de nosso planeta. É claro que não podemos dizer que o mundo mudou, que todas as pessoas agora estão conscientizadas e com hábitos totalmente ecológicos. Não! Com certeza isso ainda está muito longe, mas não podemos negar também que uma mudança considerável está acontecendo. Cada vez mais pessoas ao redor do mundo estão começando a separar seus lixos, a apagar as luzes, a economizar água, a utilizar produtos biodegradáveis, isso sem contar os que vão além.

Quem sabe se as coisas continuarem dessa maneira, e cada vez mais pessoas passarem a adquirir esses hábitos, vamos conseguir controlar alguns dos problemas que nos assustam tanto atualmente. Quem não fica alarmado ao ver o que está acontecendo com os ursos polares, que estão perdendo seu habitat natural com o degelo do Ártico? Sem contar os pingüins que enfrentam a mesma situação na Antártida. Quem não se preocupa ao saber que, com a aceleração do derretimento polar, o nível das águas oceânicas vai aumentar e inúmeras cidades litorâneas poderão ficar debaixo d'água? Tudo isso é conseqüência do tão falado e comentado AQUECIMENTO GLOBAL. Se conseguíssemos controlar essa situação, o mundo poderia respirar mais tranqüilamente, não é? Ficaríamos aliviados em saber que nosso MAIOR problema está sendo lidado. Mas, esse realmente é o nosso MAIOR problema? Será que o ser humano não está se esquecendo de algo muito mais importante? Será que o nosso maior problema não seria o ESQUECIMENTO GLOBAL?

Mas aí, você vai me perguntar de que “esquecimento” estou falando, não é? A realidade é que hoje nos preocupamos muito com a fauna, a flora, a camada de ozônio, o meio ambiente em geral, e isso realmente é muito importante, pois sem essas coisas a vida não existiria, mas será que isso é o MAIS importante? O ser humano esqueceu que a MAIOR criação é o próprio homem. Na verdade, a condição da natureza é só um reflexo da condição humana.

Infelizmente a situação do homem, hoje em dia, é muito mais catastrófica do que a da própria natureza. O caráter humano está em degradação profunda. Da mesma maneira como lamentamos a extinção de muitas espécies de animais, também precisamos lamentar a extinção de muitas virtudes humanas. Poderíamos começar a colocar na contra capa dos cadernos escolares, ou nas embalagens de lápis de cor ou até mesmo vender camisetas com escritos "preserve o respeito, uma virtude em extinção" ou "proteja a honestidade" ou até mesmo "salve a lealdade", assim como mencionar tantas outras virtudes que estão quase extintas, como a confiança, a sinceridade, a paciência. Será que precisamos fazer campanhas para conscientizar a humanidade da importância desse assunto?

A bandeira que queremos levantar é a bandeira do AMOR, o relacionamento com outros seres humanos. Sabemos que essa é a essência da vida que o homem esqueceu. Com o passar dos séculos ele foi colocando prioridade em tantas outras coisas que a essência foi perdida. Ele começou mais e mais a se preocupar com o seu próprio mundinho. Preocupado com o seu trabalho, os seus afazeres, a sua casa, a sua comida, o seu lazer, o seu prazer, o seu conforto, a sua comodidade... o seu, seu, seu!!! Tudo para si mesmo! O homem deixou o EGOÍSMO tomar conta de sua vida. Em conseqüência disso veio a GANÂNCIA que sempre exigiu que ele corresse atrás de mais conforto, mais possessões, mais e mais, sempre mais. E as pessoas ao redor findaram em segundo plano, deixando de ser sua prioridade. O homem não dá mais importância para os outros seres humanos que estão à sua volta.

A aliança de casamento, por exemplo, que é a base de qualquer nação, hoje em dia está totalmente frágil. Porque as pessoas estão tão centradas em si mesmas que não são mais capazes de abrir mão de suas próprias opiniões, idéias ou vontade, em prol da união. A maioria dos pais só vê seus filhos no fim de semana, porque eles estão ocupados demais tentando ganhar mais e mais dinheiro para poderem sustentar um luxo exagerado, só para satisfazer as suas próprias ambições egoístas. Quantos de nós não crescemos sem poder nos abrir com nossos pais? A realidade é que com uma vida tão corrida e ocupada, como a de hoje em dia, estamos ficando cada vez mais desumanos. Sabemos nos relacionar muito bem com aparelhos eletrônicos de alta tecnologia dos mais diversos tipos, mas esquecemos como nos relacionar com as outras pessoas.

Por essa razão é que nós, das Doze Tribos, vivemos em comunidade. Porque amamos tanto uns aos outros que não queremos ir para nossas próprias casas, mas queremos permanecer juntos. Não queremos mais colocar prioridade nas coisas erradas. Não queremos mais deixar que o egoísmo reine em nossas vidas. Assim, estamos conseguindo mudar nossos hábitos para proteger não só a natureza, mas as virtudes humanas. Aqui damos muita importância à lealdade, ao respeito, à sinceridade, à honestidade, à confiança e estamos passando todas essas coisas para os nossos filhos também. Prezamos muito as alianças que fazemos, pois sabemos que só assim podemos criar pessoas que vão ter um bom caráter, que não vão ter suas virtudes extintas como o restante da humanidade.

Venha nos conhecer! Venha conhecer Aquele que nos libertou do nosso egoísmo! Vamos vencer o egoísmo que consome o homem, pois só assim haverá esperança para o planeta em que vivemos!!!

Artigo Extraído do Site:
http://www.dozetribos.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário